Méthode de Lecture du Tarot Philippe Camoin

Une question amoureuse

um exemplo de tiragem para uma pergunta de amor:

2 Geneniève, employée de banque 2

Recordação: Quando um mapa está ao contrário, há um problema. Tira-se então um mapa em parte que está sempre à lugar que vai representar o protótipo que trata do problema


Pergunta Geneviève: vou encontrar o companheiro da minha vida este ano?

Geneviève tira os mapas seguintes:

Ao presente, há o Hermite. Representa também a solidão. Geneviève é neste momento único.
As duas mulheres estão ao contrário. Há um problema para Geneviève. O Hermite representa uma crise, uma mudança de consciência. Vai passar da Imperatriz ao passado ao Papesse ao futuro, de uma mulher orientada para a matéria à uma mulher orientada para spiritualité. A Imperatriz ao contrário mostra que o seu mental, representado pela águia, está ao descanso, em sono. Pode-se imaginar que a mão azul do Hermite é a mesma mão que à que toca a águia. A águia representa o mental, os pensamentos, as ideias. O Hermite representa um personagem mais ou menos iniciado que vai ajudar-o desperto, de modo que fique mais espirituala.

Que olha o Papesse e que olha a Imperatriz? O mapa para o qual olha um personagem, é o pedido que tem, que deseja, este à qual pensa?

Tira-se Moderação e Le Monde. No passado, teve um pedido no que diz respeito ao anjo, Moderação. Tem de solicitar muitas para a mudança quando tinha os seus problemas. Ao futuro, este Papesse aspira à uma realização. Esta realização do seu desejo parece inegável. O desejo realizar-se-á. O Hermite olha a pequena serpente da Imperatriz e a Imperatriz olha as serpentes de Moderação. Um ser realizado (o Hermite) vai tratar das suas energias (a serpente). Olhando para as duas serpentes de Moderação, aspirava à cura destas energias. As duas serpentes representam ao mesmo tempo as energias e ao mesmo tempo a cura (é o símbolo dos médicos). Mais da vara do Hermite à forma de uma serpente. A serpente representa a energia na coluna vertebral. Estes três símbolos foram colocados costa à costa pelo Tarot para fazer-nos -o observar.

Para os peritos: A Imperatriz olha o anjo no passado, queria atingir a fase do anjo, a ajuda invisível, o objectivo do segundo ciclo de sete. O Papesse olha o personagem do Mundo ao futuro, gostaria de atingir a fase da realização espirituala, o objectivo do terceiro ciclo de sete.

Quais são os mapas que tratam da Imperatriz e o Papesse?

Temos aqui a confirmação que que é material nela deve ficar espiritual. O Imperador torna-se o Papa.
Vemos aqui aparecer dois casais perfeitos, a Imperatriz e o Imperador mais o Papesse e o Papa, cada um destes dois casais sobre a mesma coluna. É claro que deve passar de um casal material a um casal espiritual.
A noção de casal aparece duas vezes de maneira extremamente marcada. O casal é algo de importante para ela. O Tarot confirma sempre duas vezes as coisas. Duas vezes a mulher está ao contrário num casal ou o homem, está-lhe à lugar. Aquilo quer dizer que Geneviève um problema para realizar-se como mulher. Ao passado, o casal Imperatriz-Imperador representa um casal humano, temporal, interessado pela matéria. Ao futuro, o casal Papesse-Pape anuncia um novo casal, espiritual, baseado em valores mais sólidos. Um casal humano dura apenas um tempo.
Geneviève: O Meu último casal durou um ano e três meses. (Imperatriz-Imperador)
A esta fase da tiragem, dado o casal Pape-Papesse presente no futuro próximo, poderia-se dizer que o Tarot respondeu favoravelmente à sua pergunta. O Papa representa o companheiro da sua vida e encontram-se (no ano).
Poderia-se parar a tiragem lá. Mas vale melhor estudar que o Tarot quis acrescentar porque há sem dúvida numerosas precisões sobre que tem a compreender o seu inconsciente.

Actualmente, que olha o anjo de Moderação?

Geneviève tira a Estrela ao contrário. Um mapa ao contrário significa que há um problema. Tira-se então um mapa em parte que vai tratar do problema. Geneviève tira o Carro.
Temos actualmente três colunas de dois mapas, simétricos, formando três casais diferentes. O terceiro casal é constituído da Estrela e do Carro. Formam também um verdadeiro casal porque têm ambos das estrelas em parte superior do mapa. Temos ainda aqui uma confirmação por parte do Tarot sobre que temos dito previamente. O casal é importante para ela, e cada vez, ela tem um problema para afirmar-se como mulher. Geneviève intervem e confirma-nos que no passado, tem tido já duas vezes a experiência do casal. O Tarot confirma por conseguinte que dans le futur, vai ter uma terceira vez a experiência do casal (Papesse-Pape), mas que este casal será espiritual.
É importante observar que em cada casal, é a mulher que está ao contrário.
Cada vez, o mapa que é posto em partes e que vem tratar do problema, representa um homem. É sempre um homem que vem tratar do seu problema. Geneviève tem necessidade de um homem para viver. É a principal mensagem deesta tiragem que é confirmada três vezes.
É o anjo (Moderação), um ser ou uma energia invisível que fez a passagem da primeira mulher (a Estrela) para o segundo (a Imperatriz). Actualmente é um ser real (o Hermite) que vai ajudar ajudar-o a transformar-se em outra mulher mais espirituala (o Papesse).

Que olha o Papa?

Tira-se Bateleur ao contrário, seguidamente o Julgamento e a Justiça.
Bateleur representa o trabalho.
Olham os mapas que estavam ao contrário desde o início. São elas que indicam os problemas que existem na vida da pessoa. É necessário fazer ligeiramente mais atenção que aos outro.
Philippe Camoin: Tem um problema no teu trabalho?
Geneviève: Sim, não se sabe demasiada como aquilo vai evoluir, certamente. Aquilo pode fechar onde estou, mas num ano, quatro anos ou ser transportada à Aix ou Toulon. A nossa sociedade está a transformar-se com as outras agências da mesma sociedade.
O mapa do trabalho é cercado por bonitos mapas. Há um bom ambiente. O proprietário é benevolente (o Papa). Este proprietário, o Papa olha para o seu trabalho, interessa-se à ela, à este problema de trabalho.
Geneviève: Certamente, já tenho passado na estrutura comunitária da sociedade que existirá seguidamente.

Actualmente que olha o Imperador?

Tira-se Pendurado ao contrário, seguidamente o Arcana XIII e a Lua.

Philippe Camoin: Tem crianças?
Geneviève: Sim, do primeiro casamento.
O 1 casamento é representado pela Estrela e o Carro. No segundo casamento, sob os mapas da parte superior, ele lá à esta energia de matar a maternidade, matar a mulher.

Interessam actualmente ao primeiro casal. Consideram que compreendeu o problema que teve ao passado e entrega a Estrela à lugar. Que olha o Carro e que olha a Estrela?

Estudam este primeiro casal, Estrela-Carro, com a sua coluna mais a coluna dos mapas que olham. L’ Estrela representa-o que gira-se já para o anjo (Moderação) no seu problema do primeiro casal.

Replaçons a Estrela à lugar dado que o problema da mulher foi compreendido por Geneviève.

A esquerda, temos um personagem que se vai com problemas (o Mate ao contrário). Deixa uma mulher que estêve grávida (a Estrela).
Geneviève: O Meu primeiro marido estêve hospital psiquiátrico após o nascimento dos dois pequenos.
O Mate ao contrário pode certamente representar da loucura. Dirige-se para animais. Há uma involução voltando para o mundo animal.

Os mapas à esquerda do Carro e a Estrela podem representar à qual pensavam os dois protagonistas deste primeiro casal, como as bolhas dos personagens de uma banda desenhada. A Estrela (Geneniève) pensava o Mate ao contrário. Pensava à ir-se quando estava com ele.
Geneviève: Sim, houve durante anos. Pus anos antes de tomar a decisão. Imaginava-se que no enganava enquanto que não era verdadeiro.
O Carro (o marido) pensava Amoureux ao contrário. Em Amoureux, ele lá à esta noção de escolhas amoureux entre duas pessoas. Quando o mapa está ao contrário, aquilo é vivido mal, há do engano amoureuse. O Marido era obsidiado por uma inveja maladive sem fundamento e ao mesmo tempo, pensava no enganar. Nenganava e era-o obsidiado pelo facto que a sua mulher pudesse fazer a mesma coisa.
Geneviève: Sim, nme enganava também.

Interessam ao segundo casal Imperatriz-Imperador que é sintetizado pelas colunas seguintes, ou seja a coluna Imperatriz-Imperador mais a coluna dos mapas que olham.

O segundo casal que fez não funcionou bem.
Geneviève: O Meu marido misturava amor e dinheiro.
Com efeito, o casal era Imperatriz-Imperador, ou seja um casal muito material.
Geneviève: Tinha uma parte muito preta e perigosa. Ter-me -ia efectuado ao túmulo, penso.
Aquilo é confirmado por do Arcana XIII que quer segar a Lua, a mulher. Havia uma energia destrutiva nele para destruir a mulher.
Neste casal, o homem olhava para Pendurado ao contrário enquanto a mulher olhava para o Anjo de Moderação, seguidamente para o Hermite uma vez o problema resolvido. Entregam a Imperatriz à lugar.

La mulher actualmente é atraída pela luz. (A Imperatriz) gira a cabeça para a lâmpada do Hermite.
Philippe Camoin: Houve um momento na separação onde a mulher pôs-se a olhar para as coisas de luz, se puder-se dizer.
Geneviève: Com efeito, apercebi-me que era pendurado por terra e que mim, mim podia mim envoler e que não se tinha nada a ver juntos.
O homem (o Imperador) olha para Pendurado ao contrário. Olha enfermement. Era contido muito sobre ele mesmo.
Geneviève: Sempre foi perspicaz. Quando partiu da minha vida, fui aliviada. Era inteligente, mas tenho aprender com ele de permanecer eu mesmo.
Olha para a materialidade (o quadrado em redor do pendurado), enquanto olha para o anjo.

Philippe Camoin: Não tinha um núcleo homossexual inconsciente? Porque o Imperador (ele) olha para um homem ligado.
Geneviève: Entendia-se melhor com homens e preferia trabalhar com um homem no seu trabalho que de ser comigo. Sentia que entendia-se super bem com este homem. Sim, realizo-o agora e repelia-me certamente
Une participante: O Arcana XIII olha a Lua. Quer matar féminité. Há algo de difícil. Pendurada e Arcana o XIII lado.
Geneviève: Num ano, mesmo assim tinha-me dactilografado 4 vezes. Após, tinha medo que mata-me.
Une participante: Qualquer aquilo, é terminados.

Para concluir, entregando as mulheres e o seu trabalho à lugar, que é também um acto simbólico, ele obtem:

Philippe Camoin: Olham esta mulher que aparece ao futuro, por que é cercada: o Hermite, o Papa, o Mundo. Se disse-me -res que és perspicaz, mim, vendo estes mapas, mim você creres imediatamente. Vai ser necessário que olhas as teus experiências passadas como se era vidas anteriores.
Geneviève: Sou uma mulher nova.
Philippe Camoin: É para aquilo que o último mapa, mais à direita, é o mapa do renascimento (o Julgamento).

Os problemas foram compreendidos. Podemos actualmente entregar todos os mapas à lugar. É como um acto de cura sobre o seu passado.

Para os peritos: Esta mulher é perspicaz. Sobre a linha da parte superior, ele lá à Roda de Fortuna muito à esquerda e Le Monde muito à direita. Tem-se ainda uma confirmação que uma mulher nova vai aparecer. Com efeito, estes dois mapas têm conjuntamente a noção dos quatro elementos sublimés, que têm-se tornado vivos. O sphinx da Roda de Fortuna contem os quatro animais do Mundo, mas no Mundo, há uma evolução a mais, e uma mulher nova aparece.
Sobre uma linha, é necessário mapas sempre comparar os dois colocados às extremidades. Sobre a linha do meio, passa-se Amoureux ao Julgamento. Estes dois mapas são sempre muito significativos, porque assemelham-se. Nos dois casos, há três personagens com um anjo em parte superior. Em Amoureux, os personagens não vêem o Anjo. No Julgamento, o personagem de direita pode ver o Anjo. Há por conseguinte uma evolução para Geneviève para um estado no qual que chama seu clairvoyance vai poder desabrochar-se plenamente. Que estejamos certos para o nós se os anjos existirem ou não não tiver importância! Que conta é que o Tarot sublinha e as crenças da pessoa que vem consultar. Aqui, a pessoa crê aos anjos no seu mundo à ela e é necessário respeitar aquilo. O Tarot sublinha que ao passado, um anjo tenta que contacte-o enviando flechas enquanto ao futuro, haver uma verdadeira comunicação com este anjo. Único este anjo existe realmente ou seja um produto da sua imaginação não tem uma grande importância à esta fase! O Tarot diz que vai viver aquilo e que conta, é que sinta-se bem e que não tenha mais problema. Tem o direito de crer que quer.

Tirage efectuado por Philippe Camoin








SITE OFICIAL DE PHILIPPE CAMOIN
"O Tarot de Marselha, somos Nós após Séculos"
Copyright © Philippe CAMOIN 1997-2014 Todos os Direitos Reservados
Este site utilisa as cartas do Tarot de Marselha reconstruido por Philippe Camoin e Alexandre Jodorowsky.
Copyright das cartas do Tarot Camoin-Jodorowsky © Philippe Camoin & Alexandre Jodorowsky 1997 Todos os Direitos Reservados


Todas estas páginas e o seu conteúdo (texto, imagens, sons, animações e todas outras formas de média) estão protegidos pelas leis francesas e internacionais sobre o direito de autor e propriedade intelectual. Toda a reprodução está interdita sem o acordo do autor. Toda a pessoa que moral e fisicamente atente contra estes direitos dispõe-se a uma perseguição. As imagens utilizadas nestas páginas estão marcadas electronicamente.
Escola de Tarot de Marselha Philippe Camoin: Cursos de Tarot (Tarô), Estágios de Tarot (Tarô), Formação de Tarot (Tarô ) para Tarólogos profissionais a Lisboa - Porto - Cascais - Algarve
Links amigáveis: Jodorowsky.com - TarotdeMarseille.com - Tarot.info

Visiteurs connectés : 14